sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Dia da Mulher- 8 de março- Isabel




Características de Isabel:



Uma adoradora em espírito e em verdade

Os hebreus davam muito valor ao nome da pessoa. Isabel recebeu esse nome, pois veio de uma família de cristãos, filha de um sacerdote, em homenagem à Aarão, ( era o nome da esposa de Aarão).

Mais tarde casou-se com Zacarias que também era um sacerdote.



Uma vida irrepreensível.

Era uma mulher justa. Foi comparada à Jó, a Abraão, e a Noé. Era sincera, obediente.
Deus estava sempre em primeiro lugar na vida dela. Mulher virtuosa. . Filipenses 2-14 e 15- “ Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas, para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus imaculados no meio de uma geração corrupta e perversa, entre a qual resplandeceis como luminares no mundo”



Aceitou o” não” de Deus

Ela era marcada por não ter filhos. Não tinha culpa de não tê-los ( naquela época havia muita descriminação pela mulher que não engravidava. Diziam que ela não orava ou que tinha algum pecado e por isso era julgada. Precisamos aprendera viver com o “não “ de Deus. Não receber o “ nunca” de Deus como um castigo. Uma líder espiritual precisa refletir nisso.



Avançando em idade.



Ela soube conduzir esse processo de envelhecimento. Tinha uma alegria interior. Conhecia o verdadeiro Deus. Crescia à medida que envelhecia. Ter vida longa é benção de Deus.



Aceitação das críticas



Quando Zacarias entra no templo e ouve a voz do anjo dizendo que Isabel iria ter um filho. Ela emudeceu e Zacarias não acreditou. Ouviu pessoas no templo criticando-a por não ter filhos ainda, pois tinha idade avançada.

Mesmo uma pessoa reta, pode ser criticada. Ser uma líder cristã atraí o raio dos críticos. Ela não ligou para as críticas. Esperou no Senhor.Salmo 40-1 ( Esperei confiantemente no Senhor, ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro)



Esperando o agir de Deus



Isabel já estava grávida de seis meses quando recebeu Maria em sua casa. Quando Maria entrou na casa, o filho de Isabel ( ainda no ventre de sua mãe, dá um salto, e o Espírito Santo enche a vida dela ( que momento especial na vida das duas parentes). Isabel recebeu, como tantos outros no Velho Testamento, o Espírito Santo para fazer uma obra específica. Era o reconhecimento de Jesus Cristo. Ela é a primeira pessoa a confessar Jesus Cristo como Senhor. Somos abençoados quando cremos na atuação de Deus, mesmo sem ver com os olhos, e quando vivemos uma vida que evidencia a verdade das promessas de Deus.



Mentora

Ela pode ensinar. Sempre trabalhou na obra do Senhor. Maria procurou Isabel e ficou com ela três meses. Isabel foi uma discipuladora de Maria. A líder espiritual deve aceitar com graça esse papel de mentora. Tito recomenda em 2-3 e 5 “ ser mestras do bem”



Crucificada com Cristo.Na vida de Isabel enxergamos apenas extrema alegria- tanto que Isabel louvou á Deus em voz alta. Com certeza João aprendeu aos pés de sua mãe” Convém que ele cresça e eu diminua” Jô 3.30.

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim, e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim” Gálatas 2.20





Síntese do Estudo da MCA sobre a vida de Isabel.

Texto da revista visão missionária de Peggy Smith Fonseca ( Educadora)

Um comentário:

Pastor Cicero disse...

Parabens muito boa sua mensagen e muito propicia para uma data tão siguinificante como essa. que Deus continue usando suas servas, nesta geração.

Páginas

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails